APG - Associação Portuguesa de Gagos

Notícias

Carta de Indignação e Repúdio

Carta de Indignação e Repúdio


A Associação Portuguesa de Gagos vem por este meio demonstrar a sua total indignação e repúdio pelos eventos ocorridos no programa da TVI “A Casa dos Segredos & Secret Story” no passado dia 29 de Setembro de 2013. Nesse programa foi pedido a um dos concorrentes para convencer os restantes de que era gago, sendo-lhe exigido fingir e imitar “um gago”. Não apenas o pedido em si revela uma total falta de sensibilidade perante uma questão delicada para os mais de 100 mil portugueses com gaguez, como a interpretação estereotipada de gago que apresenta, e as reacções jocosas tanto da audiência, dos restantes concorrentes como da própria apresentadora revelam uma total falta de respeito por um problema que de jocoso e risível nada tem. Mais, são a expressão mais perniciosa dos estereótipos, preconceitos e falta de informação que perpassa toda a sociedade portuguesa relativamente à gaguez e às pessoas que gaguejam e que urge, no âmbito da luta pela igualdade e contra a descriminação, combater. Esta luta ganha nestes dias novo fulgor ao se aproximar o Dia Internacional de Consciencialização para a Gaguez, no próximo dia 22 de Outubro.

A gaguez é um problema de comunicação que afecta profundamente a qualidade de vida daqueles que sofrem desta condição, havendo nela uma dimensão de sofrimento pessoal e estigmatização colectiva que não deve ser ignorada. A gaguez não tem piada, tem tratamentos que poderão ajudar a mitigar os seus sintomas. A uma cadeia de televisão com a responsabilidade social como a TVI, com o poder que possui de formar e transformar as opiniões, é exigido que mantenha uma postura digna e de respeito por todos na nossa sociedade, ainda mais para com aqueles que sofrem com estereótipos pejorativos veiculados socialmente e que atentam contra a sua dignidade e qualidade de vida.

Desta forma exigimos à TVI uma retratação pública e um pedido de desculpas formal a todas as pessoas que gaguejam em Portugal. Mais do que gagos, somos pessoas, e se não nos considerarem dignos de respeito, tudo faremos para sermos respeitados. Não vale tudo em nome do Show. Mas sentimo-nos legitimados a tudo fazer para prevenir que as nossas crianças e jovens continuem a ser vítimas de bullying pelo simples facto de gaguejarem, para prevenir que alterem o seu projeto de vida como consequência do estigma, para desconstruir mitos e preconceitos que fazem com que as pessoas que gaguejam continuem a ser olhadas com condescendência, chacota e paternalismo, para evitar que continuem a sofrer porque a visibilidade da gaguez as torna invisíveis como pessoas.

É-nos exigida, a todos, a capacidade de transformarmos as nossas sociedades no sentido de serem mais tolerantes, inclusivas, justas e com um elevado sentido ético. Esta é uma missão cuja responsabilidade é partilhada por todos e à qual a TVI não se pode furtar.


Com os melhores cumprimentos

A Direção da Associação Portuguesa de Gagos

Sobre a APG

A Associação Portuguesa de Gagos foi fundada em Agosto de 2005.

É uma associação de âmbito nacional com sede na freguesia de Alqueidão no  concelho da Figueira da Foz.

É desde 2011 membro da European League of Stuttering Associations.

Contactos

Associação Portuguesa de Gagos

adress Rua Principal, 78 Negrote, Alqueidão 3090-834 Figueira da Foz Portugal

phone 925 517 093

email gaguez@sapo.pt

Redes Sociais

facebook

Dia Internacional de Consciencialização para a Gaguez

laco    22 de Outubro