APG - Associação Portuguesa de Gagos

Notícias

Carta à Staples

Ex. mos Senhores,

Temos vindo a ser alertados quer por vários associados quer por terapeutas da fala e outras pessoas anónimas para um anúncio publicitário da vossa empresa no ar na rádio TSF em que se faz uso da gaguez para promover um produto.

A gaguez é uma condição de saúde que afecta profundamente a qualidade de vida daqueles que dela sofrem , havendo nela uma dimensão de sofrimento pessoal e estigmatização colectiva que não deve ser ignorada. Em Portugal estimamos que existam 100 mil pessoas que gaguejam. É nossa missão, enquanto organização de representação das Pessoas que Gaguejam, promover uma cada vez maior consciencialização da nossa sociedade e respectivas instituições para os problemas da gaguez e de quem sofre com esta condição. Tal missão é levada a cabo quotidianamente com o intuito de desconstruir mitos e preconceitos que fazem com que as pessoas que gaguejam continuem a ser olhadas com condescendência, chacota e paternalismo, de evitar que continuem a sofrer porque a visibilidade da gaguez as torna invisíveis como pessoas, com o intuito de prevenir que crianças e jovens que gaguejam sejam vítimas de bullying pelo simples facto de gaguejarem, ou que alterem o seu projeto de vida como consequência do estigma.

Neste sentido consideramos que a vossa publicidade, ainda que inconscientemente e seguramente sem ser essa a vossa intenção, reproduz um conjunto de estereótipos da gaguez e das pessoas que gaguejam que imperam na nossa sociedade e que normaliza a noção da gaguez como algo risível e da qual é legitimo usar para o risível. Ao considerarem normal fazer uso da gaguez para promover o riso, tornam normal e legitimam perante milhares de radio espectadores o rir das pessoas que gaguejam, tornam normal e legitimam o uso da gaguez enquanto gatilho para uma situação de bullying e enquanto forma de humilhação de crianças e jovens que gaguejam. Tornam igualmente normal e legitimo o riso ou respostas de chacota como respostas aceitáveis a quem gagueja, o que faz com que pessoas que gaguejam que padeçam do estigma, evitem falar, se silenciem para não serem motivo de riso, se anulem no quotidiano por medo da chacota, e que, em última instância, mudem o seu projeto de vida devido a esse mesmo estigma.

Como tal, e devido aos factos aqui apresentados, exigimos que retirem do ar o anúncio publicitário em causa. Estamos seguros que compreenderão a nossa posição e agirão em conformidade.

Com os melhores cumprimentos

A Direção da Associação Portuguesa de Gagos

 

Sobre a APG

A Associação Portuguesa de Gagos foi fundada em Agosto de 2005.

É uma associação de âmbito nacional com sede na freguesia de Alqueidão no  concelho da Figueira da Foz.

É desde 2011 membro da European League of Stuttering Associations.

Contactos

Associação Portuguesa de Gagos

adress Rua Principal, 78 Negrote, Alqueidão 3090-834 Figueira da Foz Portugal

phone 925 517 093

email gaguez@sapo.pt

Redes Sociais

facebook

Dia Internacional de Consciencialização para a Gaguez

laco    22 de Outubro