Jornadas sobre a Gaguez

Em 2007, dois anos depois da fundação da APG, chegou-se ao consenso da necessidade, e sobretudo vontade, de organizar um evento nacional que juntasse gagos e intervenientes de várias áreas do Saber, para partilharem a sua experiência (uns de uma vida inteira, outros de uma longa vida profissional) em torno destas questões.

Surgiam assim as Jornadas sobre a Gaguez, o evento de referência em Portugal sobre a gaguez, destinado a: gagos e seus familiares; professores, outros educadores, e responsáveis escolares; técnicos, estudantes e professores da área terapêutica (Terapia da Fala, Medicina, Pediatria, Psicologia, Psiquiatria); Associações e Instituições Particulares de Solidariedade Social; e outros interessados.

Coimbra seria, nas primeiras 6 edições, o palco deste evento revolucionário em Portugal. Ao longo dos anos, a data escolhida para este evento foi sendo mais ou menos constante, tentando-se que fosse o mais próximo possível do dia 22 de Outubro, o Dia Internacional de Consciencialização para a Gaguez, de modo a inserir esta actividade no conjunto de iniciativas que, a nível mundial, pretendem por essa altura colocar a gaguez no centro da esfera cívica e politica. Em 2013, as Jornadas sobre a Gaguez deram outro passo, tendo-se assumido a sua realização numa estratégia itinerante em conjunto com escolas superiores de saúde que oferecem o curso de terapia da fala (2013, Setúbal; 2014, Porto; 2015, Leiria; 2016, Alcoitão), voltando a realizar-se em Coimbra em 2017. As XII Jornadas sobre Gaguez tiveram lugar, em 2019, pela primeira vez nas instalações da APG em Calvete, Figueira da Foz.

A maior riqueza e o pioneirismo destas Jornadas é precisamente pôr os gagos a falar, a testemunhar e a partilhar as suas vivências/dificuldades, limitações, êxitos, formas e estratégias de ultrapassar o problema, quer com outros gagos quer com terapeutas da fala e outros técnicos. Pessoas que sofreram e sofrem dia a dia com a gaguez isolando-se, pessoas que conseguiram “dar a volta por cima”, viver saudavelmente com o problema, sem às vezes saber bem como, e pessoas que deixaram de estar isoladas – pessoas que, agora, vivem a vida de outro modo. No âmbito da missão da APG, pretende-se igualmente reflectir o direito à gaguez, na linha da afirmação pública da dificuldade por parte dos gagos e do reconhecimento institucional da gaguez e dos direitos das pessoas que gaguejam.

V Jornadas sobre a Gaguez – Coimbra, 2011

 

 VI Jornadas sobre a Gaguez – Coimbra, 2012

 

 VII Jornadas sobre a Gaguez – Setúbal, 2013

 

 VIII Jornadas sobre a Gaguez – Porto, 2014

 

 IX Jornadas sobre a Gaguez – Leiria, 2015

 

 X Jornadas sobre a Gaguez – Alcoitão, 2016

 

 XI Jornadas sobre a Gaguez – Coimbra, 2017

 

 XII Jornadas sobre a Gaguez – Calvete, 2019